Filho é Barco, Mãe é Cais

Filho é barco, mãe é cais: como lidar com a saudade dos filhos que crescem e se afastam

Você já ouviu a expressão “filho é barco, mãe é cais”? Ela significa que os filhos são como embarcações que navegam pelo mundo, enquanto as mães são como portos que os acolhem e protegem. Mas o que acontece quando os filhos crescem e se afastam do cais? Como lidar com a saudade, a preocupação e a sensação de vazio que podem surgir nessa fase da vida?

Neste artigo, vamos falar sobre esse tema delicado e dar algumas dicas para você enfrentar esse momento com mais tranquilidade e confiança. Acompanhe!

O que é a síndrome do ninho vazio?

A síndrome do ninho vazio é um conjunto de sentimentos negativos que podem acometer os pais quando os filhos saem de casa para estudar, trabalhar, casar ou seguir seus próprios caminhos. Esses sentimentos podem incluir tristeza, solidão, ansiedade, depressão, baixa autoestima, perda de sentido e até mesmo culpa.

A síndrome do ninho vazio não é uma doença, mas sim uma reação emocional normal diante de uma mudança significativa na dinâmica familiar. Ela pode afetar tanto as mães quanto os pais, mas geralmente é mais intensa nas mães, que costumam ter uma relação mais próxima e afetiva com os filhos.

filho é barco mãe é cais

Por que os filhos se afastam?

Os filhos se afastam porque precisam construir suas próprias vidas, realizar seus sonhos, buscar sua independência e sua felicidade. Isso faz parte do processo de amadurecimento e de desenvolvimento pessoal deles. Não significa que eles não amem ou não precisem mais dos pais, mas sim que eles estão seguindo o curso natural da vida.

Os pais devem entender que os filhos não são sua propriedade, mas sim seres humanos livres e autônomos, que têm o direito de escolher seus próprios rumos. Os pais devem respeitar e apoiar as decisões dos filhos, mesmo que não concordem ou não entendam. Os pais devem se orgulhar dos filhos que criaram e que se tornaram capazes de voar com suas próprias asas.

Como lidar com a saudade dos filhos?

Lidar com a saudade dos filhos que se afastam não é fácil, mas é possível. Veja algumas dicas que podem ajudar:

  • Mantenha o contato com os filhos. Aproveite os recursos da tecnologia, como telefone, e-mail, redes sociais, videochamadas, para conversar com os filhos, saber como eles estão, compartilhar novidades, dar conselhos, demonstrar carinho. Mas não exagere na frequência ou na cobrança, respeite o espaço e a privacidade deles.
  • Cuide de si mesmo. Dedique-se a atividades que lhe façam bem, como hobbies, exercícios, leituras, cursos, viagens, voluntariado. Invista no seu bem-estar físico, mental e emocional. Busque novos desafios, novos aprendizados, novas experiências. Redescubra seus talentos, seus interesses, seus objetivos.
  • Fortaleça seus vínculos afetivos. Aproveite o tempo livre para se aproximar do seu parceiro, dos seus amigos, dos seus familiares, dos seus animais de estimação. Cultive as relações que lhe trazem alegria, apoio, companheirismo, amor. Crie novas oportunidades de convivência, de diversão, de troca.
  • Busque ajuda profissional. Se você sentir que a saudade dos filhos está afetando sua saúde, sua autoestima, sua rotina, sua motivação, não hesite em procurar ajuda de um psicólogo, de um terapeuta, de um coach, de um grupo de apoio. Eles podem lhe oferecer orientação, acolhimento, ferramentas para lidar com seus sentimentos e superar essa fase.

Conclusão

Filho é barco, mãe é cais, mas isso não significa que eles devem ficar presos um ao outro para sempre. Os filhos precisam navegar pelo mundo, e as mães precisam deixá-los ir. Isso não é um adeus, mas sim um até logo. A saudade dos filhos que se afastam é natural, mas pode ser amenizada com algumas atitudes positivas. O importante é manter o amor, o respeito, a admiração, a gratidão, que são os laços que unem pais e filhos para sempre.

Se você gostou deste artigo, compartilhe com seus amigos nas redes sociais. E se você quer saber mais sobre como viver melhor, acompanhe o blog da Navegue Temporada, uma empresa que oferece aluguel de barcos para você aproveitar o mar com sua família. Acesse nossos serviços e entre em contato conosco!

Artigos Relacionados

Aluguel e passeio na Lancha Oceanic 36. Barco no Rio de Janeiro, Niterói, Urca, Copacabana, Praia Vermelha, Marina da Glória.

Quando É Uma Lancha?

Última atualização on 21/02/2024 by Navegue Temporada
Read More
Aluguel e passeio de Yacht Catamarã de Luxo 120 Pés - Barco Iate Lancha no Rio de Janeiro e Angra dos Reis Ilha Grande Niterói Boat Rental Charter

Qual o Valor de um Iate?

Última atualização on 21/02/2024 by Navegue Temporada
Read More
Aluguel e passeio de Yacht Catamarã de Luxo 120 Pés - Barco Iate Lancha no Rio de Janeiro e Angra dos Reis Ilha Grande Niterói Boat Rental Charter

Qual a Diferença de Lancha e Iate?

Última atualização on 21/02/2024 by Navegue Temporada
Read More
Aluguel e passeio de Lancha Intermarine Oceanic 36 - Barco em Ilhabela, São Sebastião, Bertioga, São Paulo, Ilhabela

Qual é o valor de uma lancha?

Última atualização on 21/02/2024 by Navegue Temporada
Read More

Navegue Temporada

Se você quer saber mais sobre passeio e aluguel de barco, entre em contato conosco pelo nosso telefone ou WhatsApp, curta a nossa página no Facebook, envie um e-mail para nós ou siga a gente no Instagram. Estamos à disposição para tirar as suas dúvidas, fazer o seu orçamento e reservar o seu barco.

Portanto, não perca tempo e faça já a sua reserva pelo site da Navegue Temporada. Você vai se surpreender com as maravilhas que o Brasil tem a oferecer. Alugue um barco com a Navegue Temporada e viva uma experiência náutica única e inesquecível!