Guia Completo Sobre Lancha: Tudo O Que Você Precisa Saber

Lancha é uma embarcação movida por motores que pode ser usada para diversos fins, como:

  • Lazer
  • Esporte
  • Pesca
  • Transporte
  • Trabalho

Existem vários tipos, modelos, tamanhos e preços de lanchas, que podem variar de acordo com o fabricante, o material, o design, o desempenho, o conforto e a capacidade.

Neste guia completo sobre lanchas, vamos abordar os principais aspectos que você precisa saber antes de comprar ou alugar uma lancha, como:

Vantagens e desvantagens de ter uma lancha

Ter uma lancha pode ser uma ótima forma de aproveitar o tempo livre, relaxar, se divertir e conhecer lugares incríveis.

Vantagens de ter uma lancha

Com uma lancha, você pode navegar por rios, lagos, represas e mares, explorar ilhas, praias, cachoeiras e paisagens naturais, praticar esportes aquáticos, como pesca, mergulho, esqui e wakeboard, ou simplesmente curtir o sol e a brisa com a família e os amigos.

Além disso, ter uma lancha pode ser um investimento rentável, pois você pode alugá-la para outras pessoas, usá-la para trabalhar, como transporte de passageiros ou cargas, ou revendê-la no futuro.

Uma lancha com toda a certeza também pode ser um símbolo de status, pois demonstra sucesso, prestígio e poder.

Desvantagens de ter uma lancha

No entanto, ter uma lancha também tem suas desvantagens, como o alto custo de aquisição, manutenção, combustível, seguro, impostos e taxas.

Uma lancha pode exigir um grande investimento inicial, que pode variar de R$ 18.810 a R$ 9.990.000, dependendo do tipo, modelo, tamanho e ano da embarcação.

Além disso, uma lancha requer cuidados constantes, como limpeza, revisão, troca de peças, pintura, proteção contra corrosão e umidade, que podem gerar despesas frequentes.

Outra desvantagem de ter uma lancha é a necessidade de um local adequado para guardá-la, como uma marina, um clube náutico, uma garagem náutica ou uma carreta.

Afinal, esses locais podem cobrar taxas mensais ou anuais, que podem variar de acordo com a localização, a infraestrutura, os serviços e a segurança oferecidos.

Além disso, uma lancha pode ocupar muito espaço e exigir um veículo adequado para transportá-la.

Por fim, ter uma lancha também implica em responsabilidades legais, como:

  • Obtenção da habilitação náutica
  • Registro da embarcação
  • Vistoria periódica
  • Pagamento do IPVA e do seguro obrigatório
  • Emissão do seguro facultativo
  • Observância das normas de navegação
  • Prestação de socorro em caso de acidentes

Afinal, essas responsabilidades podem exigir tempo, dinheiro e atenção do proprietário da lancha.

Balanço final das vantagens e desvantagens de ter uma lancha

Em suma, antes de decidir ter uma lancha, é preciso avaliar os prós e os contras, e verificar se você tem condições financeiras, disponibilidade de tempo e interesse em cuidar da embarcação.

Afinal, caso contrário, pode ser mais vantajoso alugar uma lancha quando quiser ou precisar, sem ter que arcar com os custos e as responsabilidades de ser o dono.

Lancha Lagoa Azul

Principais tipos e categorias de lanchas

Lanchas são classificadas em diferentes tipos e categorias, de acordo com o seu tamanho, formato, propulsão, finalidade e conforto.

Os principais tipos de lanchas são:

Lanchas de proa aberta

São lanchas que possuem um espaço aberto na parte da frente, onde podem ser acomodados passageiros, equipamentos ou acessórios.

Em suma, são lanchas ideais para passeios curtos, esportes aquáticos e pesca.

Além disso, são lanchas de fácil manuseio, transporte e armazenamento, mas possuem pouca autonomia, estabilidade e conforto.

Exemplos de lanchas de proa aberta são as bowriders, as deck boats e as fish and ski.

Lanchas de proa fechada:

São lanchas que possuem uma cabine fechada na parte da frente, onde podem ser acomodados passageiros, equipamentos ou acessórios.

Em suma, são lanchas ideais para passeios longos, viagens e pernoites.

Além disso, são lanchas de maior autonomia, estabilidade e conforto, mas possuem maior custo, consumo e manutenção.

Exemplos de lanchas de proa fechada são as cabinadas, as hard tops e as flybridges.

Lanchas de console central

São lanchas que possuem um console central, onde fica o posto de comando, e um espaço livre ao redor, onde podem ser acomodados passageiros, equipamentos ou acessórios.

Em suma, são lanchas ideais para pesca, mergulho e passeios.

Além disso, são lanchas de boa autonomia, estabilidade e versatilidade, mas possuem pouca proteção contra o sol, a chuva e o vento.

Exemplos de lanchas de console central são as center consoles, as walkarounds e as bay boats.

Lanchas de popa

São lanchas que possuem um motor externo na parte de trás, que pode ser de popa ou de centro.

Em suma, são lanchas ideais para passeios, esportes aquáticos e pesca.

Além disso, são lanchas de baixo custo, consumo e manutenção, mas possuem menor autonomia, estabilidade e conforto.

Exemplos de lanchas de popa são as runabouts, as jet boats e as infláveis.

Categorias de lanchas

Lanchas também são classificadas em categorias, de acordo com o seu comprimento, que pode variar de 16 a 120 pés.

As principais categorias de lanchas são:

Lanchas pequenas

São lanchas que possuem entre 16 e 26 pés de comprimento.

Em suma, são lanchas de fácil manuseio, transporte e armazenamento, mas possuem pouca autonomia, estabilidade e conforto.

Além disso, são lanchas ideais para passeios curtos, esportes aquáticos e pesca.

Exemplos de lanchas pequenas são as bowriders, as deck boats, as fish and ski, as runabouts, as jet boats e as infláveis.

Lanchas médias

São lanchas que possuem entre 27 e 40 pés de comprimento.

Em suma, são lanchas de boa autonomia, estabilidade e conforto, mas possuem maior custo, consumo e manutenção.

Além disso, são lanchas ideais para passeios longos, viagens e pernoites.

Exemplos de lanchas médias são as cabinadas, as hard tops, as flybridges, as center consoles e as walkarounds.

Lanchas grandes

São lanchas que possuem mais de 41 pés de comprimento.

Em suma, são lanchas de alta autonomia, estabilidade e conforto, mas possuem alto custo, consumo e manutenção.

Além disso, são lanchas ideais para viagens longas, cruzeiros e eventos.

Exemplos de lanchas grandes são as yachts, as mega yachts e as super yachts.

Visão aérea de um aluguel de lancha no Rio de Janeiro.

Melhores marcas e modelos de lanchas disponíveis no mercado

O mercado de lanchas é bastante diversificado e competitivo, com várias marcas e modelos disponíveis para atender aos mais variados gostos e necessidades dos consumidores.

Algumas das melhores marcas e modelos de lanchas são:

Lancha Focker

É uma marca brasileira de lanchas, que pertence ao grupo Fibrafort, um dos maiores fabricantes de embarcações da América Latina.

Em suma, a Focker oferece lanchas de proa aberta, proa fechada e console central, com tamanhos que variam de 16 a 40 pés.

Alguns dos modelos mais populares da Focker são a Focker 160, a Focker 215, a Focker 255, a Focker 275, a Focker 310 GT e a Focker 400 GT.

Lancha Ventura

É uma marca brasileira de lanchas, que pertence ao grupo Ventura Marine, um dos líderes do segmento náutico nacional.

Em suma, a Ventura oferece lanchas de proa aberta, proa fechada e console central, com tamanhos que variam de 16 a 36 pés.

Alguns dos modelos mais populares da Ventura são a Ventura 160, a Ventura 195, a Ventura 230, a Ventura 250, a Ventura 300 e a Ventura 360.

Real Powerboat

É uma marca brasileira de lanchas, que pertence ao grupo Real Power Boats, um dos maiores produtores de embarcações de alto padrão do país.

Em suma, a Real oferece lanchas de proa fechada e flybridge, com tamanhos que variam de 26 a 60 pés.

Alguns dos modelos mais populares da Real são a Real 26 Class, a Real 31, a Real 36, a Real 40, a Real 50 e a Real 60.

Lancha Schaefer

É uma marca brasileira de lanchas, que pertence ao grupo Schaefer Yachts, um dos mais renomados e premiados estaleiros do Brasil.

Em suma, a Schaefer oferece lanchas de proa fechada, hard top e flybridge, com tamanhos que variam de 26 a 83 pés.

Alguns dos modelos mais populares da Schaefer são a Schaefer 260, a Schaefer 365, a Schaefer 400, a Schaefer 510, a Schaefer 620 e a Schaefer 830.

Lancha Azimut

É uma marca italiana de lanchas, que pertence ao grupo Azimut Benetti, um dos maiores e mais prestigiados fabricantes de iates de luxo do mundo.

Em suma, a Azimut oferece lanchas de proa fechada, hard top e flybridge, com tamanhos que variam de 34 a 120 pés.

Alguns dos modelos mais populares da Azimut são a Azimut 34 Atlantis, a Azimut 43 Magellano, a Azimut 50 Fly, a Azimut 66 Fly, a Azimut 80 Fly e a Azimut 120 SL.

Ferretti 

É uma marca italiana de lanchas, que pertence ao grupo Ferretti Group, um dos líderes mundiais na produção de iates de alta qualidade.

Em suma, a Ferretti oferece lanchas de proa fechada, hard top e flybridge, com tamanhos que variam de 45 a 96 pés.

Alguns dos modelos mais populares da Ferretti são a Ferretti 450, a Ferretti 550, a Ferretti 670, a Ferretti 780, a Ferretti 920 e a Ferretti 960.

Aluguel de Lancha em Niterói

Dicas para escolher a lancha ideal para o seu perfil e necessidade

Escolher uma lancha pode ser uma tarefa difícil, pois envolve vários fatores, como:

  • Gosto
  • Orçamento
  • Objetivo
  • Nível de experiência
  • Local de navegação
  • Número de passageiros
  • Tempo de uso 
  • Espaço de armazenamento

Para facilitar a sua decisão, seguem algumas dicas para escolher a lancha ideal para o seu perfil e necessidade:

Defina o seu objetivo

Antes de comprar ou alugar uma lancha, é preciso ter claro qual é o seu objetivo com a embarcação.

Você quer uma lancha para:

  • Passear, pescar, mergulhar, esquiar, viajar ou trabalhar?
  • Usar ocasionalmente ou frequentemente?
  • Curtir o dia ou para pernoitar?
  • Navegar em águas calmas ou agitadas?
  • Levar poucas ou muitas pessoas?

Essas perguntas vão ajudar a definir o tipo, o tamanho, o modelo e o conforto da lancha que mais se adequa ao seu objetivo.

Estabeleça o seu orçamento

Outro fator importante na hora de escolher uma lancha é o seu orçamento.

Você precisa:

  • Saber quanto você pode gastar na compra ou no aluguel da lancha, e também nos custos de manutenção, combustível, seguro, impostos e taxas.
  • Considerar também o valor de revenda da lancha, caso você queira trocá-la ou vendê-la no futuro.
  • Comparar os preços das diferentes marcas e modelos de lanchas, e verificar as condições de pagamento, financiamento e consórcio.
  • Avaliar se vale a pena comprar uma lancha nova ou usada, e se há garantia, assistência técnica e peças de reposição disponíveis.
  • Pesquisar as opções de locais e formas de alugar uma lancha, e verificar as vantagens e desvantagens de cada uma.

Escolha o tipo e o tamanho da lancha

Depois de definir o seu objetivo e o seu orçamento, você pode escolher o tipo e o tamanho da lancha que mais se encaixa nas suas expectativas.

Você pode:

  • Optar por uma lancha de proa aberta, proa fechada, console central ou popa, dependendo do seu gosto, do seu nível de experiência, do seu local de navegação, do seu número de passageiros, do seu tempo de uso e do seu espaço de armazenamento.
  • Optar por uma lancha pequena, média ou grande, dependendo da sua autonomia, estabilidade, conforto e desempenho.
  • Consultar as características, as vantagens e as desvantagens dos principais tipos e categorias de lanchas na seção anterior deste guia.

Compare as marcas e os modelos de lanchas:

Por fim, você pode comparar as marcas e os modelos de lanchas disponíveis no mercado, e escolher aquele que mais se aproxima do seu ideal.

Você pode:

  • Consultar as especificações técnicas, as fotos, os vídeos, os depoimentos, as avaliações e os prêmios das diferentes marcas e modelos de lanchas na internet, em revistas, em feiras, em exposições ou em lojas especializadas.
  • Solicitar um test drive, um orçamento, uma proposta ou uma cotação das lanchas que mais lhe interessam, e negociar as melhores condições de compra ou aluguel.
  • Pedir a opinião de especialistas, amigos, familiares ou outros proprietários de lanchas, e tirar todas as suas dúvidas antes de fechar o negócio.
Passeio em Mangaratiba

Locais e formas de alugar uma lancha

Se você não quer ou não pode comprar uma lancha, mas ainda assim quer aproveitar os benefícios de navegar com uma embarcação própria, você pode optar por alugar uma lancha.

Alugar uma lancha pode ser uma alternativa mais econômica, prática e flexível, pois você não precisa se preocupar com os custos e as responsabilidades de ser o dono da lancha, e pode escolher a lancha que mais se adapta ao seu objetivo, orçamento e disponibilidade.

Existem vários locais e formas de alugar uma lancha, como:

1. Marinas

São locais que oferecem infraestrutura e serviços para guardar, abastecer, manter e alugar lanchas.

As marinas geralmente possuem uma frota própria de lanchas, ou fazem parcerias com proprietários que disponibilizam suas lanchas para aluguel.

Em suma, as marinas costumam cobrar uma taxa fixa por hora, dia ou semana de aluguel, que pode variar de acordo com o tipo, o tamanho, o modelo e a temporada da lancha.

Além disso, as marinas também costumam exigir uma reserva antecipada, um contrato, um caução e uma habilitação náutica do locatário.

Alguns exemplos de marinas que alugam lanchas são a Marina da Glória, a Marina Verolme e a Marina Astúrias.

2. Clubes náuticos

São locais que oferecem infraestrutura e serviços para guardar, abastecer, manter e alugar lanchas.

Os clubes náuticos geralmente possuem uma frota própria de lanchas, ou fazem parcerias com proprietários que disponibilizam suas lanchas para aluguel.

Em suma, os clubes náuticos costumam cobrar uma taxa fixa por hora, dia ou semana de aluguel, que pode variar de acordo com o tipo, o tamanho, o modelo e a temporada da lancha.

Além disso, os clubes náuticos também costumam exigir uma reserva antecipada, um contrato, um caução e uma habilitação náutica do locatário.

Alguns exemplos de clubes náuticos que alugam lanchas são o Iate Clube do Rio de Janeiro, o Iate Clube de Santos e o Iate Clube de Brasília.

Plataformas online

São sites ou aplicativos que conectam proprietários de lanchas com pessoas que querem alugar lanchas.

As plataformas online geralmente possuem uma grande variedade de lanchas, que podem ser filtradas por localização, tipo, tamanho, modelo, preço e disponibilidade.

Em suma, as plataformas online costumam cobrar uma taxa variável por hora, dia ou semana de aluguel, que pode ser negociada diretamente entre o proprietário e o locatário.

Além disso, as plataformas online também costumam exigir um cadastro, um contrato, um seguro e uma habilitação náutica do locatário.

Alguns exemplos de plataformas online que alugam lanchas são a Navegue Temporada, a GetMyBoat e a Click&Boat.

Aluguel de Lancha em Santos

Regras e dicas de segurança para navegar com uma lancha

Navegar com uma lancha pode ser uma experiência muito prazerosa, mas também requer cuidados e precauções para evitar acidentes, danos e multas.

Contudo, para navegar com uma lancha de forma segura e responsável, é preciso seguir algumas regras e dicas, como:

Respeite a legislação náutica

Antes de navegar com uma lancha, é preciso conhecer e cumprir a legislação náutica vigente, que estabelece as normas, os direitos e os deveres dos navegantes.

Em suma, a legislação náutica abrange aspectos como:

  • Habilitação náutica
  • Registro da embarcação
  • Vistoria periódica
  • Pagamento do IPVA e do seguro obrigatório
  • Emissão do seguro facultativo
  • Observância das regras de navegação
  • Prestação de socorro em caso de acidentes
  • Fiscalização
  • Penalização

A legislação náutica pode ser consultada no site da Marinha do Brasil ou nas Capitanias dos Portos.

Verifique as condições da lancha

Antes de navegar com uma lancha, é preciso verificar as condições da embarcação, como o funcionamento do:

  • Motor
  • Sistema elétrico
  • Sistema de direção
  • Sistema de freio
  • Sistema de iluminação
  • Sistema de comunicação
  • Sistema de segurança
  • Sistema de combate a incêndio

Contudo, é preciso também verificar o nível de combustível, de óleo, de água e de bateria, e se há vazamentos, rachaduras, ferrugens ou avarias.

Além disso, é preciso ainda verificar se há equipamentos e acessórios suficientes e adequados, como:

  • Âncora
  • Corda
  • Boia
  • Colete salva-vidas
  • Extintor
  • Buzina
  • Sinalizador
  • Bússola
  • GPS
  • Mapa
  • Rádio
  • Celular
  • Kit de primeiros socorros
  • Kit de ferramentas
  • Kit de limpeza
  • Kit de pesca

Verifique as condições do tempo

Antes de navegar com uma lancha, é preciso verificar as condições do tempo, como a:

  • Temperatura
  • Umidade
  • Pressão
  • Velocidade e a direção do vento
  • Intensidade e a direção da corrente
  • Altura e a frequência das ondas
  • Visibilidade e a previsão de chuva
  • Neblina
  • Tempestade
  • Neve

Ainda assim, é fundamental também verificar as condições da maré, como a altura, a fase, o horário e a influência da lua e do sol.

É preciso ainda verificar as condições do local de navegação, como:

  • Profundidade
  • Largura
  • Extensão
  • Sinalização
  • Obstáculos
  • Perigos
  • Restrições

Além disso, é preciso evitar navegar com uma lancha em condições adversas, que possam comprometer a segurança, o desempenho e o conforto da embarcação e dos tripulantes.

Respeite os limites da lancha

Antes de navegar com uma lancha, é preciso respeitar os limites da embarcação, como:

  • Capacidade
  • Velocidade
  • Autonomia
  • Estabilidade
  • Conforto

Ainda assim, é preciso também respeitar os limites dos tripulantes, como o número, o peso, a idade, a saúde, a habilidade e a experiência.

É preciso ainda respeitar os limites do meio ambiente, como a:

  • Fauna
  • Flora
  • Poluição
  • Preservação
  • Conservação

Além disso, é preciso evitar sobrecarregar, acelerar, forçar, balançar ou danificar a lancha, bem como expor, incomodar, machucar ou prejudicar os tripulantes ou o meio ambiente.

Adote medidas de prevenção e de proteção

Antes de navegar com uma lancha, é preciso adotar medidas de prevenção e de proteção, como informar o plano de navegação, o destino, a rota, a duração e os contatos de emergência para alguém de confiança, ou para a autoridade náutica.

É preciso também usar:

  • Colete salva-vidas
  • Protetor solar
  • Chapéu
  • Óculos de sol
  • Roupa adequada
  • Calçado antiderrapante

É preciso ainda levar:

  • Água
  • Alimentos
  • Medicamentos
  • Documentos pessoais e da embarcação

Ainda assim, é preciso evitar consumir bebidas alcoólicas, drogas, medicamentos que causem sonolência ou outros produtos que afetem a capacidade de navegação.

Além disso, é preciso também manter a atenção, a prudência, a cortesia e a educação no trânsito náutico.

Passeio de Lancha em Salvador

Conclusão

Neste guia completo sobre lanchas, você aprendeu os principais aspectos que você precisa saber antes de comprar ou alugar uma lancha.

Esperamos que este guia tenha sido útil e esclarecedor para você, e que você possa aproveitar ao máximo a sua experiência náutica com uma lancha.

Contudo, lembre-se de que navegar com uma lancha é uma atividade que requer responsabilidade, respeito e cuidado, tanto com a embarcação, quanto com os tripulantes, quanto com o meio ambiente.

Portanto, navegue com segurança, prudência e diversão, e desfrute dos benefícios de ter uma lancha.

Boa navegação!