Qual é o valor de uma lancha?

Navegue Temporada > Náutica > Qual é o valor de uma lancha?
Aluguel e passeio de Lancha Intermarine Oceanic 36 - Barco em Ilhabela, São Sebastião, Bertioga, São Paulo, Ilhabela
Uma lancha permite navegar pelos mares com conforto, velocidade e estilo. Foto: Arquivo.

Ver resumo

  • O valor de uma lancha depende de vários fatores, como o tamanho, o modelo, o ano, o estado, os acessórios, a potência, o consumo, a manutenção, o seguro, a documentação, a localização e a demanda.
  • Comprar uma lancha pode trazer vantagens como liberdade, lazer, status e valorização, mas também desvantagens como custo, trabalho, risco e depreciação.
  • Alugar uma lancha pode ser uma opção mais econômica, prática e flexível, que permite aproveitar os benefícios de navegar sem ter que se preocupar com os custos e as responsabilidades de ter uma lancha.
  • Para escolher a lancha ideal, é preciso levar em conta o objetivo, o público, o local, o tempo e o custo do uso da embarcação, e pesquisar as opções disponíveis no mercado.
  • Para economizar na hora de comprar ou alugar uma lancha, é preciso negociar o preço e as condições, aproveitar as promoções e os descontos, comparar as alternativas e as propostas, e verificar a qualidade e a procedência da lancha.

Tudo o que você precisa saber antes de comprar ou alugar uma lancha

Você já sonhou em ter uma lancha para navegar pelos mares com conforto, velocidade e estilo? Ou talvez você queira alugar uma lancha para aproveitar um passeio inesquecível com seus amigos ou familiares? Seja qual for o seu caso, você provavelmente já se perguntou: qual é o valor de uma lancha?

A resposta não é tão simples quanto parece, pois o valor de uma lancha depende de vários fatores, como o tamanho, o modelo, o ano, o estado de conservação, os acessórios, a potência, o consumo de combustível, a manutenção, o seguro, a documentação, a localização e a demanda do mercado.

Neste post, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre o valor de uma lancha, desde os custos de compra até os custos de operação, passando pelas vantagens e desvantagens de ter ou alugar uma lancha. Além disso, vamos dar algumas dicas para você escolher a lancha ideal para o seu perfil e orçamento, e para você economizar na hora de comprar ou alugar uma lancha.

Quanto custa comprar uma lancha?

O custo de compra de uma lancha varia muito de acordo com o tipo, o tamanho e o modelo da embarcação. Existem lanchas de todos os tamanhos e estilos, desde as mais simples e compactas, com capacidade para 2 ou 3 pessoas, até as mais luxuosas e espaçosas, com capacidade para mais de 20 pessoas.

De acordo com o site Bombarco, especializado em venda de embarcações, os preços das lanchas novas no Brasil podem variar de R$ 50 mil a R$ 50 milhões, dependendo do fabricante, do modelo e dos opcionais. Por exemplo, uma lancha Focker 160, da Fibrafort, com 4,8 metros de comprimento e capacidade para 5 pessoas, custa cerca de R$ 50 mil. Já uma lancha Azimut 83, da Azimut Yachts, com 25,2 metros de comprimento e capacidade para 22 pessoas, custa cerca de R$ 50 milhões.

Os preços das lanchas usadas, por sua vez, podem ser bem mais baixos, dependendo do estado de conservação, do ano de fabricação e da quilometragem da embarcação. Segundo o site Bombarco, os preços das lanchas usadas no Brasil podem variar de R$ 10 mil a R$ 40 milhões. Por exemplo, uma lancha Ventura 195 Comfort, da Ventura Marine, com 5,8 metros de comprimento e capacidade para 7 pessoas, ano 2010, custa cerca de R$ 55 mil. Já uma lancha Ferretti 830, da Ferretti Group, com 25,3 metros de comprimento e capacidade para 20 pessoas, ano 2008, custa cerca de R$ 12 milhões.

Quanto custa manter uma lancha?

Além do custo de compra, é preciso considerar também o custo de manutenção de uma lancha, que pode ser bastante elevado, dependendo do uso e do cuidado que se tem com a embarcação. O custo de manutenção de uma lancha envolve os seguintes itens:

  • Combustível: o consumo de combustível de uma lancha depende da potência do motor, da velocidade, do peso, do vento, da maré e do estado do casco. Em média, uma lancha consome entre 20 e 100 litros de gasolina por hora de navegação, o que pode representar um gasto de R$ 100 a R$ 500 por hora, considerando o preço médio da gasolina no Brasil em fevereiro de 2024, que é de R$ 5,00 por litro.
  • Marina: a marina é o local onde se guarda a lancha quando ela não está em uso, e oferece serviços de segurança, limpeza, abastecimento, reparos e lazer. O custo da marina depende da localização, da infraestrutura, da demanda e do tamanho da lancha. Em média, o custo da marina no Brasil varia de R$ 500 a R$ 10 mil por mês, dependendo da região e da temporada.
  • Seguro: o seguro é uma proteção contra eventuais danos, roubos, furtos, incêndios, colisões ou acidentes envolvendo a lancha ou terceiros. O custo do seguro depende do valor, do modelo, do ano, da potência e do uso da lancha, bem como do perfil do proprietário e da cobertura contratada. Em média, o custo do seguro de uma lancha no Brasil varia de 1% a 5% do valor da embarcação por ano.
  • Documentação: a documentação é o conjunto de documentos e taxas necessários para registrar, licenciar e regularizar a lancha perante os órgãos competentes, como a Capitania dos Portos, a Receita Federal e o Detran. O custo da documentação depende do tipo, do tamanho, da potência e do valor da lancha, bem como da região e do estado em que ela está registrada. Em média, o custo da documentação de uma lancha no Brasil varia de R$ 500 a R$ 5 mil por ano.
  • Revisão: a revisão é o conjunto de procedimentos e peças necessários para manter a lancha em boas condições de funcionamento, segurança e desempenho. A revisão deve ser feita periodicamente, de acordo com as recomendações do fabricante e do mecânico, ou sempre que houver algum problema ou defeito na lancha. O custo da revisão depende do estado, da idade, do uso e do modelo da lancha, bem como da mão de obra e dos materiais utilizados. Em média, o custo da revisão de uma lancha no Brasil varia de R$ 1 mil a R$ 10 mil por ano.

Somando todos esses itens, o custo de manutenção de uma lancha no Brasil pode variar de R$ 10 mil a R$ 100 mil por ano, dependendo do tipo, do tamanho, do modelo e do uso da embarcação. Isso significa que, além de ter o dinheiro para comprar uma lancha, é preciso ter também uma reserva financeira para mantê-la.

Quais são as vantagens e desvantagens de ter uma lancha?

Ter uma lancha pode trazer muitas vantagens, mas também algumas desvantagens, que devem ser levadas em conta antes de tomar a decisão de compra. Veja a seguir alguns prós e contras de ter uma lancha:

Vantagens

  • Liberdade: ter uma lancha significa ter a liberdade de navegar pelos mares, rios e lagos, sem depender de horários, rotas ou disponibilidade de outras embarcações. Você pode escolher o destino, o trajeto, a duração e a companhia do seu passeio, de acordo com o seu gosto e o seu humor.
  • Lazer: ter uma lancha significa ter uma opção de lazer diferenciada, divertida e relaxante, que pode proporcionar momentos de prazer, aventura e contato com a natureza. Você pode aproveitar a lancha para praticar esportes náuticos, como esqui, wakeboard, jet ski, mergulho, pesca, ou simplesmente para curtir o sol, o mar e a brisa.
  • Status: ter uma lancha significa ter um símbolo de status, de sucesso e de poder, que pode impressionar e atrair a admiração de outras pessoas. Você pode usar a lancha para fazer festas, eventos, reuniões, negócios, ou simplesmente para mostrar o seu estilo de vida e o seu gosto refinado.
  • Valorização: ter uma lancha significa ter um patrimônio que pode se valorizar ao longo do tempo, dependendo das condições do mercado e da demanda por embarcações. Você pode vender a lancha por um preço maior do que o que pagou, ou alugá-la para outras pessoas e obter uma renda extra.

Desvantagens

  • Custo: ter uma lancha significa ter um custo elevado de compra e de manutenção, que pode comprometer o seu orçamento e o seu planejamento financeiro. Você precisa ter dinheiro suficiente para pagar pela lancha, pelo combustível, pela marina, pelo seguro, pela documentação, pela revisão e por eventuais imprevistos ou reparos.
  • Trabalho: ter uma lancha significa ter um trabalho extra de cuidar, limpar, abastecer, revisar e regularizar a embarcação, que pode demandar tempo, esforço e paciência. Você precisa estar atento às normas, às leis, aos impostos e às obrigações relacionadas à propriedade e ao uso de uma lancha, bem como aos cuidados necessários para preservar a sua qualidade e a sua segurança.
  • Risco: ter uma lancha significa ter um risco maior de se envolver em acidentes, problemas ou conflitos envolvendo a embarcação ou terceiros. Você precisa ter responsabilidade, habilidade e prudência para conduzir a lancha, bem como contar com uma boa assistência e um bom seguro para cobrir eventuais danos, perdas ou indenizações.

Quanto custa alugar uma lancha?

Se você não quer ou não pode comprar uma lancha, mas ainda assim quer aproveitar os benefícios de navegar em uma, uma alternativa é alugar uma lancha. O aluguel de uma lancha pode ser uma opção mais econômica, prática e flexível, que permite que você desfrute de uma experiência náutica sem ter que se preocupar com os custos e as responsabilidades de ter uma lancha.

O custo de alugar uma lancha depende do tipo, do tamanho, do modelo, da localização, da duração e da temporada do aluguel. Em geral, o aluguel de uma lancha no Brasil varia de R$ 500 a R$ 10 mil por dia, dependendo da região e da época do ano. Por exemplo, uma lancha Cimitarra 340, da Cimitarra Yachts, com 10,4 metros de comprimento e capacidade para 12 pessoas, custa cerca de R$ 2 mil por dia para alugar em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. Já uma lancha Intermarine 540, da Intermarine Yachts, com 16,5 metros de comprimento e capacidade para 15 pessoas, custa cerca de R$ 8 mil por dia para alugar em Guarujá, em São Paulo.

Quais são as vantagens e desvantagens de alugar uma lancha?

Alugar uma lancha também pode trazer vantagens e desvantagens, que devem ser avaliadas antes de optar por essa modalidade. Veja a seguir alguns prós e contras de alugar uma lancha:

Vantagens

  • Economia: alugar uma lancha significa gastar menos do que comprar uma lancha, pois você só paga pelo tempo que usa a embarcação, sem ter que arcar com os custos fixos de manutenção, marina, seguro, documentação e depreciação. Você pode escolher a lancha que melhor se adapta ao seu orçamento e ao seu objetivo, e negociar o preço e as condições do aluguel.
  • Praticidade: alugar uma lancha significa ter mais praticidade do que ter uma lancha, pois você não precisa se preocupar com os cuidados, os reparos, as revisões e as regularizações da embarcação, que ficam por conta do proprietário ou da empresa que aluga. Você só precisa reservar a lancha com antecedência, comparecer ao local combinado, assinar o contrato, receber as instruções e aproveitar o passeio.
  • Flexibilidade: alugar uma lancha significa ter mais flexibilidade do que ter uma lancha, pois você pode variar o tipo, o tamanho, o modelo, a localização e a duração do aluguel, de acordo com a sua necessidade, a sua vontade e a sua disponibilidade. Você pode alugar uma lancha diferente a cada vez, experimentar novas sensações e conhecer novos lugares.

Desvantagens

  • Disponibilidade: alugar uma lancha significa depender da disponibilidade da embarcação, que pode ser limitada ou inexistente, dependendo da demanda, da oferta, da localização e da temporada. Você pode não conseguir alugar a lancha que deseja, ou ter que pagar mais caro, ou se sujeitar a condições menos favoráveis, se não fizer a reserva com antecedência ou se quiser alugar em períodos de alta procura.
  • Qualidade: alugar uma lancha significa confiar na qualidade da embarcação, que pode ser duvidosa ou insatisfatória, dependendo do estado, da idade, do uso e da manutenção da lancha, bem como da reputação do proprietário ou da empresa que aluga. Você pode se deparar com uma lancha suja, danificada, defeituosa ou insegura, que pode comprometer o seu conforto, o seu desempenho e o seu bem-estar.
  • Restrições: alugar uma lancha significa respeitar as restrições impostas pelo proprietário ou pela empresa que aluga, que podem ser rigorosas ou inconvenientes, dependendo do contrato, das normas, das leis e das condições do aluguel. Você pode ter que seguir horários, rotas, limites, regras e obrigações que podem limitar a sua liberdade, o seu lazer e o seu prazer.

Como escolher a lancha ideal para o seu perfil e orçamento?

Se você decidiu comprar ou alugar uma lancha, o próximo passo é escolher a lancha ideal para o seu perfil e orçamento. Para isso, você deve levar em conta alguns aspectos, como:

  • O objetivo: qual é o seu objetivo ao comprar ou alugar uma lancha? Você quer usar a lancha para passear, pescar, esquiar, mergulhar, fazer festas, trabalhar ou morar? O seu objetivo vai determinar o tipo, o tamanho, o modelo e os acessórios da lancha que você precisa.
  • O público: quantas pessoas vão usar a lancha com você? Você vai navegar sozinho, com a família, com os amigos, com os clientes ou com os funcionários? O seu público vai determinar a capacidade, o espaço, o conforto e a segurança da lancha que você precisa.
  • O local: onde você vai usar a lancha? Você vai navegar em águas calmas, agitadas, rasas, profundas, salgadas ou doces? O seu local vai determinar o casco, o motor, a propulsão e a resistência da lancha que você precisa.
  • O tempo: quanto tempo você vai usar a lancha? Você vai navegar por horas, dias, semanas ou meses? O seu tempo vai determinar o consumo, a autonomia, a manutenção e a durabilidade da lancha que você precisa.
  • O custo: quanto você pode ou quer gastar com a lancha? Você tem dinheiro suficiente para comprar ou alugar uma lancha, e para mantê-la? O seu custo vai determinar o valor, o modelo, o ano e o estado da lancha que você pode ou deve escolher.

Como economizar na hora de comprar ou alugar uma lancha?

Se você quer economizar na hora de comprar ou alugar uma lancha, existem algumas dicas que podem ajudá-lo a conseguir um bom negócio, como:

  • Pesquisar: antes de comprar ou alugar uma lancha, faça uma pesquisa ampla e detalhada sobre as opções disponíveis no mercado, comparando os preços, as condições, as vantagens e as desvantagens de cada uma. Você pode usar sites, aplicativos, revistas, catálogos, feiras, exposições e indicações de amigos para encontrar a lancha que mais se encaixa no seu perfil e orçamento.
  • Negociar: depois de escolher a lancha que você quer comprar ou alugar, tente negociar o melhor preço e as melhores condições com o proprietário ou a empresa que vende ou aluga. Você pode usar argumentos como o pagamento à vista, o parcelamento, a troca, o desconto, a garantia, a assistência, o seguro, o brinde, o bônus, o upgrade, o downgrade, a flexibilidade, etc.
  • Flexibilidade: alugar uma lancha significa ter mais flexibilidade do que ter uma lancha, pois você pode mudar de ideia, cancelar, adiar ou antecipar o aluguel, sem ter que arcar com multas, penalidades ou prejuízos. Você pode alugar uma lancha apenas quando quiser, precisar ou puder, sem ter que se comprometer com um contrato de longo prazo ou uma obrigação permanente.

Espero que este post tenha esclarecido as suas dúvidas sobre o valor de uma lancha, e que você tenha ficado mais preparado para tomar a sua decisão de comprar ou alugar uma lancha. Lembre-se de que o mais importante é escolher a lancha que melhor atende às suas necessidades, expectativas e possibilidades, e que lhe proporciona a melhor experiência náutica possível.

Se você gostou deste conteúdo, compartilhe com os seus amigos nas redes sociais. E se você quer alugar uma lancha com facilidade, segurança e economia, conheça a Navegue Temporada, a melhor plataforma de aluguel de lanchas do Brasil. Acesse o nosso site e confira as nossas ofertas de lanchas para todos os gostos e bolsos. Navegue Temporada, a sua lancha a um clique de distância. 🚤