Navegue Temporada > Empreendedorismo > Como Montar uma Empresa de Eventos e Festas

Você tem paixão por organizar eventos e festas? Você gostaria de transformar o seu hobby em um negócio lucrativo? Então, este post é para você!

Neste post, nós vamos te ensinar como montar uma empresa de eventos e festas passo a passo, desde o planejamento até a legalização.

Nós também vamos te dar dicas de como montar uma empresa de eventos e festas com pouco dinheiro, como escolher o seu nicho de mercado, como atrair e fidelizar clientes, como oferecer serviços de qualidade, como montar uma equipe eficiente, como fazer um orçamento adequado e como divulgar o seu negócio.

Por que montar uma empresa de eventos e festas?

O mercado de eventos e festas é um dos que mais cresce no Brasil.

Segundo a Associação Brasileira de Empresas de Eventos (ABEOC), o setor movimentou cerca de R$ 250 bilhões em 2020, representando 4,3% do PIB nacional.

Além disso, o setor gerou mais de 7,5 milhões de empregos diretos e indiretos.

Os eventos e festas são ocasiões especiais que marcam a vida das pessoas, seja em momentos de celebração, como:

  • Aniversários
  • Casamentos
  • Formaturas
  • Bodas

Seja em momentos de aprendizado, como:

  • Palestras
  • Workshops
  • Congressos
  • Feiras

Por isso, há uma grande demanda por profissionais qualificados e criativos que possam planejar, organizar e executar eventos e festas de forma personalizada, atendendo às expectativas e aos desejos dos clientes.

Montar uma empresa de eventos e festas pode ser uma ótima oportunidade de empreender, pois:

  • É um negócio que pode ser iniciado com pouco investimento inicial, dependendo do tipo e do porte dos eventos e festas que você pretende oferecer.
  • É um negócio que pode ser adaptado a diferentes nichos de mercado, como eventos e festas infantis, corporativos, sociais, culturais, esportivos, etc.
  • É um negócio que pode ser escalado, aumentando o seu faturamento e o seu lucro à medida que você conquista mais clientes e expande os seus serviços.
  • É um negócio que pode ser feito em casa, sem a necessidade de um espaço físico próprio, desde que você tenha um computador, um telefone e uma boa conexão à internet.
  • É um negócio que pode ser feito em parceria com outros profissionais e fornecedores, como decoradores, fotógrafos, músicos, buffet, etc., reduzindo os seus custos e aumentando a sua qualidade.
  • É um negócio que pode ser muito gratificante, pois você vai ajudar as pessoas a realizarem os seus sonhos e a viverem momentos inesquecíveis.
Empresa de Eventos e Festas

Como montar uma empresa de eventos e festas passo a passo

Agora que você já sabe por que montar uma empresa de eventos e festas, vamos te mostrar como fazer isso passo a passo.

Siga as nossas dicas e comece o seu negócio com o pé direito!

1. Faça um planejamento

O primeiro passo para montar uma empresa de eventos e festas é fazer um planejamento detalhado do seu negócio. O planejamento é essencial para definir os seus objetivos, as suas estratégias, os seus recursos e os seus riscos.

Para fazer um bom planejamento, você pode usar ferramentas como o plano de negócios, o canvas de modelo de negócios e a análise SWOT.

O plano de negócios é um documento que descreve todos os aspectos do seu negócio, como:

  • A descrição do seu negócio, incluindo a sua missão, a sua visão e os seus valores;
  • A análise de mercado, incluindo o seu público-alvo, os seus concorrentes e as suas oportunidades;
  • A análise de viabilidade, incluindo o seu investimento inicial, o seu custo operacional, o seu preço de venda, o seu faturamento e o seu lucro;
  • O plano de marketing, incluindo o seu posicionamento, o seu diferencial, o seu mix de marketing e as suas ações de divulgação;
  • O plano operacional, incluindo o seu processo produtivo, o seu fluxo de trabalho, o seu controle de qualidade e o seu atendimento ao cliente;
  • O plano financeiro, incluindo o seu fluxo de caixa, o seu ponto de equilíbrio, a sua margem de contribuição e a sua taxa de retorno;
  • O plano de contingência, incluindo os possíveis cenários, os riscos e as soluções.

O canvas de modelo de negócios é uma ferramenta visual que resume os principais elementos do seu negócio em um quadro, como:

  • A proposta de valor, que é o benefício que o seu negócio oferece aos seus clientes;
  • Os segmentos de clientes, que são os grupos de pessoas que têm necessidades, desejos e comportamentos similares;
  • Os canais de comunicação, que são os meios pelos quais você vai se relacionar com os seus clientes;
  • As fontes de receita, que são as formas pelas quais você vai gerar dinheiro com o seu negócio;
  • As atividades-chave, que são as ações mais importantes que você precisa realizar para entregar a sua proposta de valor;
  • Os recursos-chave, que são os bens e os serviços que você precisa para realizar as suas atividades-chave;
  • Os parceiros-chave, que são as pessoas e as organizações que podem te ajudar a realizar as suas atividades-chave e a entregar a sua proposta de valor;
  • A estrutura de custos, que são os gastos que você tem para manter o seu negócio funcionando.

A análise SWOT é uma ferramenta que avalia os pontos fortes, os pontos fracos, as oportunidades e as ameaças do seu negócio, tanto interna quanto externamente. A análise SWOT é útil para identificar as suas vantagens competitivas, as suas áreas de melhoria, os seus potenciais de crescimento e os seus riscos.

2. Escolha o seu nicho de mercado

O segundo passo para montar uma empresa de eventos e festas é escolher o seu nicho de mercado. O nicho de mercado é o segmento específico de clientes que você vai atender, de acordo com as suas características, necessidades, preferências e expectativas.

Escolher um nicho de mercado pode trazer vários benefícios para o seu negócio, como:

  • Facilitar a sua comunicação e o seu relacionamento com os seus clientes, pois você vai conhecer melhor o seu perfil, o seu comportamento e as suas dores;
  • Aumentar a sua autoridade e a sua credibilidade, pois você vai se especializar em um tipo de evento ou de festa e se tornar uma referência no assunto;
  • Reduzir a sua concorrência, pois você vai atuar em um mercado menos saturado e mais segmentado;
  • Aumentar a sua lucratividade, pois você vai oferecer um serviço mais personalizado, mais diferenciado e mais valorizado pelos seus clientes.

Para escolher o seu nicho de mercado, você pode seguir os seguintes passos:

  • Faça uma pesquisa de mercado, analisando as tendências, as demandas, as oportunidades e as lacunas do setor de eventos e festas;
  • Defina o seu público-alvo, criando uma persona que represente o seu cliente ideal, com os seus dados demográficos, psicográficos, comportamentais e geográficos;
  • Identifique os seus concorrentes, observando os seus pontos fortes, os seus pontos fracos, as suas estratégias, os seus preços e os seus diferenciais;
  • Escolha o seu tipo de evento ou de festa, de acordo com a sua afinidade, a sua experiência, o seu conhecimento e o seu potencial de mercado;
  • Posicione o seu negócio, definindo a sua proposta de valor, o seu diferencial, o seu slogan e a sua identidade visual.

Alguns exemplos de nichos de mercado para uma empresa de eventos e festas são:

  • Eventos e festas infantis, como aniversários, batizados, chás de bebê, etc.;
  • Eventos e festas corporativos, como palestras, workshops, congressos, feiras, etc.;
  • Eventos e festas sociais, como casamentos, formaturas, bodas, etc.;
  • Eventos e festas culturais, como shows, exposições, festivais, etc.;
  • Eventos e festas esportivos, como corridas, campeonatos, torneios, etc.

3. Atraia e fidelize clientes

O terceiro passo para montar uma empresa de eventos e festas é atrair e fidelizar clientes. Os clientes são a razão de existir do seu negócio, por isso, você precisa conquistá-los e mantê-los satisfeitos.

Para atrair e fidelizar clientes, você pode seguir as seguintes dicas:

  • Crie um portfólio, mostrando os seus trabalhos anteriores, os seus depoimentos, os seus cases de sucesso e as suas referências;
  • Crie um site, mostrando o seu negócio, os seus serviços, os seus diferenciais, os seus contatos e o seu portfólio;
  • Crie um blog, produzindo conteúdos relevantes, educativos e informativos sobre o seu nicho de mercado, gerando valor e autoridade para o seu negócio;
  • Crie perfis nas redes sociais, interagindo com o seu público, compartilhando conteúdos, imagens, vídeos, dicas, promoções e novidades sobre o seu negócio;
  • Crie um canal no YouTube, gravando vídeos sobre o seu nicho de mercado, mostrando os bastidores, os depoimentos, os tutoriais, as tendências e as curiosidades sobre o seu negócio;
  • Crie um e-mail marketing, enviando newsletters, ofertas, convites, lembretes, agradecimentos e pesquisas de satisfação para o seu público;
  • Crie um programa de indicação, oferecendo benefícios, descontos, brindes ou comissões para os seus clientes que indicarem o seu negócio para outras pessoas;
  • Crie um programa de fidelidade, oferecendo benefícios, descontos, brindes ou vantagens para os seus clientes que contratarem o seu negócio mais de uma vez ou por um período determinado;
  • Crie um atendimento personalizado, ouvindo, entendendo, atendendo e superando as expectativas dos seus clientes, antes, durante e depois do evento ou da festa;
  • Crie um pós-venda, acompanhando, avaliando, agradecendo e solicitando feedback dos seus clientes, buscando melhorar continuamente o seu negócio.

4. Ofereça serviços de qualidade

O quarto passo para montar uma empresa de eventos e festas é oferecer serviços de qualidade. A qualidade dos seus serviços é o que vai garantir a satisfação dos seus clientes, a reputação do seu negócio e a sua vantagem competitiva.

Para oferecer serviços de qualidade, você pode seguir as seguintes dicas:

  • Defina o seu escopo de serviço, especificando o que você vai fazer, como você vai fazer, quando você vai fazer, onde você vai fazer e quanto você vai cobrar pelo seu serviço;
  • Defina o seu contrato de serviço, formalizando o seu escopo de serviço, as suas responsabilidades, as suas obrigações, os seus direitos, os seus prazos e as suas condições de pagamento;
  • Defina o seu cronograma de serviço, planejando as suas atividades, as suas tarefas, as suas etapas, os seus recursos e os seus entregáveis para cada evento ou festa;
  • Defina o seu checklist de serviço, verificando se tudo está conforme o planejado, se nada foi esquecido, se há algum problema ou imprevisto e se há alguma ação corretiva ou preventiva a ser tomada;
  • Defina o seu controle de qualidade, monitorando, medindo, avaliando e melhorando o seu desempenho, a sua eficiência, a sua eficácia e a sua excelência em cada evento ou festa;
  • Defina o seu padrão de serviço, estabelecendo os seus critérios, os seus requisitos, as suas normas e as suas expectativas para cada evento ou festa;
  • Defina o seu diferencial de serviço, criando, inovando, surpreendendo e encantando os seus clientes com o seu serviço, superando as suas expectativas e as dos seus convidados.

5. Monte uma equipe eficiente

O quinto passo para montar uma empresa de eventos e festas é montar uma equipe eficiente. A equipe é o recurso humano do seu negócio, por isso, você precisa contar com profissionais qualificados, comprometidos, motivados e alinhados com os seus objetivos.

Para montar uma equipe eficiente, você pode seguir as seguintes dicas:

  • Defina o seu perfil de equipe, identificando as competências, as habilidades, as atitudes, os valores e as características que você espera dos seus colaboradores;
  • Defina o seu processo de recrutamento, selecionando, entrevistando, testando e contratando os melhores candidatos para o seu negócio;
  • Defina o seu processo de treinamento, capacitando, orientando, desenvolvendo e avaliando os seus colaboradores para o seu negócio;
  • Defina o seu processo de remuneração, recompensando, reconhecendo, incentivando e premiando os seus colaboradores pelo seu negócio;
  • Defina o seu processo de comunicação, informando, esclarecendo, ouvindo e feedbackando os seus colaboradores sobre o seu negócio;
  • Defina o seu processo de liderança, inspirando, influenciando, orientando e apoiando os seus colaboradores para o seu negócio;
  • Defina o seu processo de gestão, planejando, organizando, coordenando e controlando os seus colaboradores para o seu negócio.

6. Faça um orçamento adequado

O sexto passo para montar uma empresa de eventos e festas é fazer um orçamento adequado. O orçamento é o documento que estima os custos e as receitas do seu negócio, permitindo que você tenha uma visão financeira do seu negócio.

Para fazer um orçamento adequado, você pode seguir as seguintes dicas:

  • Liste todos os custos fixos e variáveis do seu negócio, como aluguel, água, luz, telefone, internet, impostos, salários, comissões, materiais, equipamentos, etc.;
  • Liste todas as receitas previstas do seu negócio, como vendas, patrocínios, doações, etc.;
  • Calcule o seu ponto de equilíbrio, que é o valor mínimo que você precisa faturar para cobrir os seus custos e não ter prejuízo;
  • Calcule a sua margem de contribuição, que é a diferença entre o seu preço de venda e o seu custo variável por unidade de serviço;
  • Calcule a sua taxa de retorno, que é a relação entre o seu lucro e o seu investimento inicial;
  • Calcule o seu preço de venda, considerando os seus custos, as suas receitas, o seu lucro desejado e o seu posicionamento de mercado;
  • Faça uma projeção de fluxo de caixa, estimando as entradas e as saídas de dinheiro do seu negócio em um período determinado;
  • Faça um controle financeiro, registrando, acompanhando e analisando as movimentações financeiras do seu negócio, verificando se há algum desvio ou inconsistência.

7. Divulgue o seu negócio

O sétimo passo para montar uma empresa de eventos e festas é divulgar o seu negócio. A divulgação é a forma de tornar o seu negócio conhecido, reconhecido e desejado pelo seu público-alvo.

Para divulgar o seu negócio, você pode seguir as seguintes dicas:

  • Defina o seu mix de marketing, que são os 4 Ps do marketing: produto, preço, praça e promoção;
  • Defina o seu produto, que é o serviço que você oferece, destacando os seus benefícios, as suas características, a sua qualidade e o seu diferencial;
  • Defina o seu preço, que é o valor que você cobra pelo seu serviço, considerando os seus custos, as suas receitas, o seu lucro, o seu posicionamento e o seu mercado;
  • Defina a sua praça, que é o local onde você oferece o seu serviço, considerando a sua localização, a sua distribuição, a sua logística e a sua acessibilidade;
  • Defina a sua promoção, que são as formas de comunicar e de persuadir o seu público-alvo, considerando o seu objetivo, o seu orçamento, o seu canal, a sua mensagem e a sua ação;
  • Defina o seu público-alvo, que são as pessoas que têm interesse, necessidade e capacidade de comprar o seu serviço, considerando o seu perfil, o seu comportamento e as suas dores;
  • Defina o seu objetivo, que é o resultado que você espera alcançar com a sua divulgação, como aumentar o seu alcance, o seu tráfego, o seu engajamento, a sua conversão ou a sua fidelização;
  • Defina o seu orçamento, que é o valor que você tem disponível para investir na sua divulgação, considerando o seu custo-benefício, o seu retorno sobre o investimento e o seu retorno sobre o esforço;
  • Defina o seu canal, que é o meio pelo qual você vai transmitir a sua mensagem ao seu público-alvo, como mídia impressa, mídia eletrônica, mídia digital, mídia alternativa ou mídia própria;
  • Defina a sua mensagem, que é o conteúdo que você vai comunicar ao seu público-alvo, como texto, imagem, vídeo, áudio ou multimídia;
  • Defina a sua ação, que é o estímulo que você vai oferecer ao seu público-alvo para que ele tome uma decisão, como informar, educar, entreter, inspirar, persuadir ou convencer.

8. Legalize o seu negócio

O oitavo e último passo para montar uma empresa de eventos e festas é legalizar o seu negócio. A legalização é o processo de regularizar o seu negócio perante os órgãos competentes, garantindo os seus direitos e os seus deveres como empreendedor.

Para legalizar o seu negócio, você pode seguir as seguintes dicas:

  • Escolha o seu tipo de empresa, que pode ser MEI (Microempreendedor Individual), ME (Microempresa), EPP (Empresa de Pequeno Porte) ou EIRELI (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada), de acordo com o seu faturamento, o seu porte, o seu capital social e o seu número de sócios;
  • Escolha o seu regime tributário, que pode ser Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real, de acordo com o seu faturamento, o seu porte, o seu ramo de atividade e a sua margem de lucro;
  • Escolha o seu CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas), que é o código que identifica a sua atividade principal e as suas atividades secundárias, de acordo com a tabela do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística);
  • Escolha o seu nome fantasia, que é o nome pelo qual o seu negócio é conhecido pelo público, e a sua razão social, que é o nome pelo qual o seu negócio é registrado legalmente;
  • Obtenha o seu CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), que é o número que identifica o seu negócio perante a Receita Federal, solicitando-o no site da Receita Federal ou no Portal do Empreendedor, no caso de MEI;
  • Obtenha o seu alvará de funcionamento, que é o documento que autoriza o seu negócio a funcionar no local escolhido, solicitando-o na Prefeitura da sua cidade, apresentando o seu CNPJ, o seu contrato social, o seu IPTU e o seu laudo do Corpo de Bombeiros;
  • Obtenha o seu alvará sanitário, que é o documento que atesta que o seu negócio segue as normas de higiene e de saúde, solicitando-o na Vigilância Sanitária da sua cidade, apresentando o seu CNPJ, o seu contrato social, o seu alvará de funcionamento e o seu laudo técnico;
  • Obtenha o seu alvará do Corpo de Bombeiros, que é o documento que comprova que o seu negócio possui as condições de segurança contra incêndio e pânico, solicitando-o no Corpo de Bombeiros da sua cidade, apresentando o seu CNPJ, o seu contrato social, o seu alvará de funcionamento e o seu projeto de prevenção e combate a incêndio;
  • Obtenha o seu registro no CADEMP (Cadastro de Empresas), que é o cadastro que reúne as informações das empresas que prestam serviços ao setor público, solicitando-o no site do Banco Central do Brasil, apresentando o seu CNPJ, o seu contrato social, o seu alvará de funcionamento e o seu certificado digital;
  • Obtenha o seu registro no CADASTUR (Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos), que é o cadastro que reúne as informações das empresas que prestam serviços turísticos, solicitando-o no site do Ministério do Turismo, apresentando o seu CNPJ, o seu contrato social, o seu alvará de funcionamento, o seu alvará sanitário, o seu alvará do Corpo de Bombeiros e o seu certificado digital.

Conclusão

Montar uma empresa de eventos e festas pode ser uma ótima oportunidade de empreender, pois é um mercado que está em constante crescimento e que oferece diversas possibilidades de atuação.

No entanto, para ter sucesso nesse ramo, é preciso planejar, escolher, atrair, fidelizar, oferecer, montar, fazer, divulgar e legalizar o seu negócio.

Neste post, nós te mostramos como montar uma empresa de eventos e festas passo a passo, seguindo oito dicas práticas e eficientes. Esperamos que você tenha gostado e que tenha aprendido algo novo.

Se você quer saber mais sobre como montar uma empresa de eventos e festas, ou se você tem alguma dúvida, sugestão ou comentário, deixe a sua mensagem abaixo. Nós vamos adorar te ouvir e te ajudar!

E se você gostou deste post, compartilhe com os seus amigos nas redes sociais. Quem sabe eles também não se animam a montar uma empresa de eventos e festas?

Obrigado pela sua atenção e até a próxima! 😊

FAQ - Perguntas frequentes

1. Como posso alugar um barco com a Navegue Temporada?

Primeiramente, acesse nosso site e explore nossa frota de barcos.

Em seguida, utilize os filtros para encontrar o barco ideal para você, considerando o tipo de barco, tamanho, preço, local e se você precisa de um marinheiro.

Em terceiro lugar, entre em contato pelo WhatsApp e nos informe a sua escolha.

Logo depois, efetue o pagamento online com segurança e receba a confirmação da sua reserva.

2. Quais são os tipos de barcos disponíveis para aluguel?

Nós, sem dúvida, oferecemos uma grande variedade de barcos para todos os gostos e bolsos, incluindo:

  • Lanchas: certamente ideais para passeios rápidos e esportivos.
  • Veleiros: decerto perfeitos para quem busca uma experiência relaxante e romântica.
  • Iates: inegavelmente luxuosos e confortáveis.
  • Escunas: de fato, ótimas para grupos grandes e festas.
  • Catamarãs: espaçosos e estáveis, com toda a certeza ideais para famílias com crianças.

3. Quais são os destinos mais populares para aluguel de barco?

4. Quais são os serviços inclusos no aluguel de um barco?

Os serviços inclusos no aluguel de um barco certamente variam de acordo com o tipo de barco e o pacote escolhido. Em suma, os serviços inclusos podem ser combustível, marinheiro, equipamentos de segurança e limpeza do barco.

5. Quais são os preços para alugar um barco?

Os preços para alugar um barco inegavelmente variam de acordo com o tipo de barco, tamanho, época do ano e duração do passeio. Você pode, de fato, consultar os preços em nosso site ou entrar em contato conosco para solicitar um orçamento.

6. O que devo levar em consideração ao escolher um barco para alugar?

Ao escolher um barco para alugar, você, sem dúvida, deve considerar:

  • O tipo de passeio que você deseja fazer: Se você quer um passeio rápido e esportivo, com toda a certeza uma lancha é ideal. Em resumo, se você busca uma experiência relaxante e romântica, um veleiro é perfeito.
  • O número de pessoas que irão participar do passeio: Certifique-se de decerto escolher um barco com capacidade suficiente para todos os seus convidados.
  • O seu orçamento: Os preços para alugar um barco certamente variam de acordo com o tipo de barco e o pacote escolhido.
  • A época do ano: Em síntese, os preços podem ser mais altos durante a alta temporada.

7. Quais são as formas de pagamento?

Antes de tudo, entre em contato para saber mais informações sobre as formas de pagamento.

8. Como posso cancelar ou alterar minha reserva?

Antes de mais nada, entre em contato para saber mais informações sobre como cancelar ou alterar a reserva.

9. Como posso entrar em contato com a Navegue Temporada?

Você certamente pode entrar em contato conosco através dos seguintes canais: