O que cai no Enem: áreas de conhecimento e competências

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é uma das provas mais importantes para os estudantes que desejam ingressar no ensino superior. Mas você sabe o que cai no Enem? Quais são as áreas de conhecimento e competências que são avaliadas na prova? Neste post, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre o conteúdo do Enem e como se preparar para ele.

O que é o Enem?

O Enem é uma prova aplicada anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC). O objetivo do Enem é avaliar o desempenho dos estudantes que concluíram o ensino médio ou estão prestes a concluí-lo.

O Enem é composto por quatro provas objetivas, com 45 questões cada, e uma prova de redação. As provas objetivas são divididas em quatro áreas de conhecimento:

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: abrange os conteúdos de Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação.
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias: abrange os conteúdos de História, Geografia, Filosofia e Sociologia.
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias: abrange os conteúdos de Biologia, Física e Química.
  • Matemática e suas Tecnologias: abrange os conteúdos de Matemática.

A prova de redação é um texto dissertativo-argumentativo de até 30 linhas, sobre um tema de ordem social, científica, cultural ou política.

Vestibular Estudar ENEM

Quais são as competências avaliadas no Enem?

Além de cobrar os conteúdos das áreas de conhecimento, o Enem também avalia as competências dos estudantes, ou seja, as habilidades e atitudes que eles desenvolvem ao longo da sua formação. As competências são definidas pela Matriz de Referência do Enem, que é um documento que orienta a elaboração das questões e da redação.

Segundo a Matriz de Referência, o Enem avalia cinco competências gerais, que são comuns a todas as áreas de conhecimento, e dez competências específicas, que são relacionadas a cada área. As competências gerais são:

  • Dominar linguagens: demonstrar domínio da norma padrão da Língua Portuguesa e das linguagens matemática, artística e científica, bem como compreender e usar diferentes sistemas simbólicos e códigos de comunicação.
  • Compreender fenômenos: construir e aplicar conceitos das várias áreas do conhecimento para compreender e explicar fenômenos naturais, sociais, culturais e tecnológicos.
  • Enfrentar situações-problema: selecionar, organizar, relacionar e interpretar dados e informações para resolver problemas, utilizando diferentes raciocínios e estratégias.
  • Construir argumentação: elaborar e sustentar argumentos com base em fatos, dados, opiniões e evidências, considerando diferentes pontos de vista e aspectos éticos.
  • Elaborar propostas: elaborar e avaliar propostas de intervenção na realidade, considerando os aspectos sociais, ambientais e culturais.

Competências específicas

As competências específicas são:

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

  • Analisar, interpretar e aplicar recursos expressivos das linguagens, relacionando textos com seus contextos, mediante a natureza, função, organização, estrutura das manifestações, de acordo com as condições de produção e recepção.
  • Confrontar opiniões e pontos de vista sobre as diferentes linguagens e suas manifestações específicas.
    – Compreender e usar a Língua Portuguesa como língua materna, geradora de significação e integradora da organização do mundo e da própria identidade.
  • Compreender e usar os sistemas simbólicos das diferentes linguagens como meios de organização cognitiva da realidade pela constituição de significados, expressão, comunicação e informação.
  • Associar as linguagens aos seus usos e aos contextos nos quais se realizam.

Ciências Humanas e suas Tecnologias

  • Compreender as transformações dos espaços geográficos como produto das relações socioeconômicas e culturais de poder.
  • Compreender a produção e o papel histórico das instituições sociais, políticas e econômicas, associando-as aos diferentes grupos, conflitos e movimentos sociais.
  • Entender as transformações técnicas e tecnológicas e seu impacto nos processos de produção, no desenvolvimento do conhecimento e na vida social.
  • Analisar a produção e a distribuição de bens e serviços e seu impacto na organização social, política e ambiental.
  • Compreender os elementos culturais que constituem as identidades.

Ciências da Natureza e suas Tecnologias

  • Dominar princípios científicos e tecnológicos que presidem a produção moderna.
  • Identificar a presença e aplicar as tecnologias associadas às ciências naturais em diferentes contextos.
  • Associar intervenções que resultam em degradação ou conservação ambiental a processos produtivos e sociais e a instrumentos ou ações científico-tecnológicos.
  • Compreender interações entre organismos e ambiente, em particular aquelas relacionadas à saúde humana, relacionando conhecimentos científicos, aspectos culturais e características individuais.
  • Relacionar informações apresentadas em diferentes formas de linguagem e representação usadas nas ciências físicas, químicas ou biológicas, como texto discursivo, gráficos, tabelas, relações matemáticas ou linguagem simbólica.

Matemática e suas Tecnologias

  • Construir significados para os números naturais, inteiros, racionais e reais.
  • Utilizar o conhecimento geométrico para realizar a leitura e a representação da realidade e agir sobre ela.
  • Construir noções de grandezas e medidas para a compreensão da realidade e a solução de problemas do cotidiano.
  • Relacionar informações expressas em diferentes formas de linguagem e representação usadas na matemática.
  • Identificar padrões numéricos ou princípios de contagem.

Como se preparar para o Enem?

Para se preparar para o Enem, é importante estudar os conteúdos das áreas de conhecimento e desenvolver as competências exigidas pela prova. Algumas dicas para isso são:

  • Fazer um planejamento de estudos: definir uma rotina de horários, materiais, revisões e simulados, de acordo com o seu perfil e disponibilidade.
  • Resolver questões de provas anteriores: praticar com as questões do Enem dos anos anteriores ajuda a familiarizar-se com o estilo e o nível de dificuldade da prova, além de identificar os assuntos mais cobrados e as suas dificuldades.
  • Acompanhar as atualidades: estar informado sobre os acontecimentos do Brasil e do mundo é fundamental para a prova de Ciências Humanas e para a redação, que costumam abordar temas relevantes e polêmicos da sociedade.
  • Ler e escrever textos variados: ler e produzir textos de diferentes gêneros, estilos e linguagens é uma forma de ampliar o seu repertório cultural, vocabulário e capacidade de interpretação e argumentação, essenciais para a prova de Linguagens e para a redação.
  • Revisar os conceitos e fórmulas: revisar os conceitos e fórmulas das áreas de Ciências da Natureza e Matemática é importante para fixar o conhecimento e resolver as questões que exigem cálculos e raciocínio lógico.

Conclusão

O Enem é uma prova que avalia o desempenho dos estudantes do ensino médio em quatro áreas de conhecimento e cinco competências gerais. Para se sair bem no Enem, é preciso estudar os conteúdos, resolver questões, acompanhar as atualidades, ler e escrever textos e revisar os conceitos e fórmulas. Com dedicação e planejamento, você pode alcançar o seu objetivo e ingressar no ensino superior.

Artigos Relacionados

Vestibular Estudar ENEM

O que cai no Enem: áreas de conhecimento e competências

Última atualização on 15/01/2024 by Navegue Temporada
Read More
Vestibular Estudar ENEM

Como escrever uma redação nota 1000 no Enem | Dicas e Exemplos

Última atualização on 15/01/2024 by Navegue Temporada
Read More
Vestibular Estudar ENEM

Universidades que aceitam o Enem no Brasil e em Portugal

Última atualização on 15/01/2024 by Navegue Temporada
Read More
Vestibular Estudar ENEM

Sisu, Prouni e Fies: o que são e como funcionam

Última atualização on 15/01/2024 by Navegue Temporada
Read More